quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Créditos e méritos pelo acesso do Figueirense

Se a campanha do Figueirense tivesse sido um desastre e o clube rebaixado para a Série C, com certeza grande parcela da culpa recairia sobre a antiga gestora.

Nesta hora estaria todo mundo caindo de pau em cima da FPSA e sua "herança maldita", como era tratado, no começo do ano, o elenco que ela montou.

Como a campanha foi um sucesso e o clube conseguiu seu objetivo, é preciso dar os créditos ao gestor anterior pelos acertos, que foram fundamentais para a brilhante campanha.

E os principais deles, na minha opinião, foram os seguintes: a) manutenção da base de 2009, inclusive com a renovação de jogadores contestados, como Maicon e Róger Carvalho; b) contratação de Márcio Goiano; e, c) parceria com Eduardo Uram.

Também ocorreram erros, é evidente, e graves, como a forma aloprada de por fim à gestão; a parte financeira, em que não restaram grandes dívidas, mas o clube ficou com a receita debilitada; a contratação no atacado antes do Catarinense.

Entre prós e contras, porém, a contribuição para o acesso foi positiva.

Não sei se por sorte ou não, o que é irrelevante, mas o fato é que ao final da gestão anterior o Figueirense possuía um bom time de futebol (falei isso no início de maio), bem encaixado, e faltava apenas alguns reforços para completar o grupo, diante de um campeonato complicado como a Série B.

Dados os créditos, é preciso reconhecer que o mérito pelo acesso é todo da atual gestão. Houve mais acertos que erros:

1) Ter chegado a um acordo com a antiga gestora, evitando uma desgastante e custosa briga judicial, que poderia contaminar e afundar o clube.

2) Ter apostado e mantido o treinador Márcio Goiano, mesmo com sérias divergências entre a Diretoria, especialmente seu Presidente, e o treinador, demonstrando que no final das contas as questões pessoais foram superadas em prol do Figueirense.

3) A continuidade da política de pagamento em dia dos atletas e demais profissionais do clube, certamente um dos fatores mais importantes.

4) A decisão de não liberar nenhum atleta até o final do ano, coisa que jamais aconteceria na antiga gestora.

5) A contratação de Chico Lins como Gerente de Futebol, um cara que ainda precisa aprender muito, está só começando, mas que já pode ensinar a muito medalhão da área, que deu traquilidade na área de futebol, com seu equilíbrio, bom senso, otimismo, dedicação, sabedoria.

6) O acerto nas contratações. Não foi contratado nenhum supercraque, até porque o Figueirense não tem caixa para isso, mas vieram jogadores que se encaixaram no grupo e com o mesmo espírito dos que já estavam, alguns fundamentais para o acesso, como Reinaldo, João Paulo Goiano e Baraka.

7) Ter superado os problemas com Eduardo Uram do final da gestão anterior, com a manutenção da parceria, inclusive com o seu fortalecimento, ao que tudo indica.

Para o próximo ano, com as dificuldades da Série A, é preciso avançar em todas as áreas. É preciso empreender. Mas para este ano eu me dô por satisfeito.

Para falar a verdade, nem esperava tanto.


4 comentários:

  1. Rafael Dias17/11/2010 22:46

    muito bom post, parabéns

    ResponderExcluir
  2. Felipe Passos18/11/2010 13:48

    Excelente! Concordo com tudo.

    ResponderExcluir
  3. Olha, o maicon tinha contrato até junho. Quem renovou com ele (inclusive comprando 50% do passe) foi a atual diretoria. Se dependêssemos em junho, da FPSA, teriamos com certeza perdido o Maicon. O Roger Carvalho não saiu pq o FLuminense não acertou sua contratação, então ele acabou sobrando pra gente.

    O maior acerto da FPSA foi ter mantido alguns jogadores do ano passado e só. Temos um grupo inchado em que podemos contar de verdade com no máximo 18 jogadores. O resto é resto. A forma como a FPSA interagia com o Uram era terrível e muito maléfica para o clube. A mudança de gestão obrigou o Uram mudar de postura, caso contrário seria extirpado do Figueirense. Esse ano temos reservas para todas as posiçoes. Contratacoes da atual gestao: Ricardo goleiro, Bruno lateral direito, J P Goiano zagueiro, Helder lateral esquerdo, Tulio e Baraka volantes, Reinaldo atacante. Foram contratacoes pontuais que fortaleceram e muito o time.

    A atual gestão precisa urgentemente apresentar o projeto e contrato com a Prosul. Não podemos viver da palavra de uma pessoal. Precisamos ter no papel o q se pretende com direitos e obrigacoes...

    ResponderExcluir
  4. Fica Wilson!

    http://www.youtube.com/watch?v=c8ptWtg6V7w

    ResponderExcluir

Em vez de comentar como "Anônimo", prefira "Nome e URL" e coloque apenas o nome ou apelido se não possuir blog ou site.

Seguidores