quinta-feira, 12 de março de 2009

Roberto Fernandes? Gostei!

Gostei da confirmação da contratação do Roberto Fernandes para treinador do Figueirense. Tem histórico, postura de treinador exigente, e tem tudo para dar certo.
Isso não quer dizer que é sucesso garantido. Mas pelo menos já não chega desacreditado pela torcida, como PC, Pintado, Mário Sérgio.
O que não gostei foi da demissão do Hudson Coutinho, que vinha fazendo um bom trabalho e já mostrou que é um bom profissional.
Mas, independentemente da minha insatisfação com a demissão do Coutinho, o que fica claro é que o Figueirense muda a sua filosofia, sua política de administração do clube, o que já começou a ocorrer no ano passado, infelizmente, na minha opinião, para pior.
Entendo que há certos cargos que devem ser de confiança do clube e não do treinador e um deles é o de preparador físico. Quer trazer um assistente-técnico? Tudo bem. O Figueirense pensava assim. Não pensa mais.
Já pensaram se o Roberto Fernandes não emplaca e cai daqui a dois meses? Vai ter que contratar um novo preparador físico e começar tudo de novo.
E o pior é que se impõe até o preparador físico, imaginem quanto à contratação de jogadores.
Sinceramente, acho que o Roberto Fernandes tem tudo para emplacar no Figueirense, mas se isso não ocorrer estamos ferrados.

4 comentários:

  1. Gostei tambem, espero que ele escute mais não embarque na Bis, Diretoria, ele tem que saber que é o nome dele que esta em jogo.

    ResponderExcluir
  2. É verdade. Parece que tem personalidade.

    ResponderExcluir
  3. Fernando Lemos14/03/2009 00:08

    Filho com ou sem Roberto Fernandes, o problema é elenco e falta de dinheiro.
    Na série B eu quero ver, sem um bom elenco, sem grana, torcida já abondonando. Os números estão ai.

    ResponderExcluir
  4. Fernando, discordo parcialmente de você. Com o Pintado e treinadores do gênero pode colocar o melhor elenco que não vai jogar.
    Também acho que o elenco é limitado, mas já conta com bons jogadores, como Wilson, Róger, Régis, Bruno Octávio, Rômulo, Pedrinho, Fernandes, Talheti, Swenki e quanto aos demais, alguns são realmente ruins, mas outros podem render muito mais, se o time acertar, se a má fase acabar.
    Com pressão, torcida vaiando, nem jogador de seleção joga, como por exemplo a seleção brasileira na Copa América de 1989 com Bebeto, Romário e Cia que não conseguia acertar 3 passes diante das vaias dos baianos. Imaginem então para jogadores medianos como os do Figueirense e de quase todos os times do futebol brasileiro atual.
    Obrigado pela visita.

    ResponderExcluir

Em vez de comentar como "Anônimo", prefira "Nome e URL" e coloque apenas o nome ou apelido se não possuir blog ou site.

Seguidores