terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Fora PPP: uma quase unanimidade que assusta

Há uma quase unanimidade na torcida do Figueirense de que o melhor para o clube é a saída imdediata da FP e de PPP da gestão do clube e de que os novos gestores diretos, provavelmente os atuais integrantes da Comissão formada pelo Conselho, levarão o Figueira a glórias jamais alcançadas. Muitos pensam assim por convicção e possuem argumentos plausíveis, mas boa parte não possui opinião própria, apenas embarcou na onda.

Sinceramente, gostaria muito de acreditar nisso. Gostaria de acreditar que esses Conselheiros, que ao que tudo indica pretendem assumiu o poder, terão experiência, conhecimento, sabedoria, enfim, competência, para administrar profissionalmente o clube, mas não dá.

E não dá para acreditar nessas pessoas, por mais bem intencionadas que estejam, em primeiro lugar porque falta currículo e em segundo lugar porque não estão, na minha visão, preparados para a missão, apesar do discurso aparentemente moderno recheado de termos como "o Figueirense precisa reestruturar sua conexão com o mercado empresarial", "gestão direta de seus ativos" e "O clube passa a ser gestor direto dos seus ativos, passa a se comunicar com o mercado", claramente macaqueado e nem precisa falar de quem.

Ultimamente em férias, passei a acompanhar todas as entrevistas do pessoal do Conselho que está à frente do processo de discussão da gestão do Figueirense e, ao contrário de muitos blogueiros e torcedores, tive uma péssima impressão dessas pessoas, não quanto a questões éticas, mas sim em relação a capacidade de gerir o clube. É apenas intuição, mas não costumo falhar, embora vá torcer muito para isso, caso esse grupo chegue ao poder.

Pelo que escutei, conclui que, diante da possibilidade de saída da FP, esses Conselheiros "foram ao mercado" e ficaram deslumbrados com a descoberta da "mina de ouro" que seria o Figueirense e a quantidade de empresas e pessoas interessadas em investir no Figueirense, inclusive parceirias "mais vantajosas" que a FP e, diante disso, chegaram a conclusão que o melhor para o futuro do Figueirense é voltar a ter administração própria. Desculpem-me, mas não acredito nessas super parceirias ou nos mega investidores. Porque não investiram num Paraná, Juventude, Ponte Preta, etc.? Estavam aguardando o Figueirense?

Eu, desde o começo, sempre fui contra a aprovação da proposta apresentada pela Figueirense Participações em relação ao contrato de gestão, mas sempre defendi, como outros blogueiros na época, que se buscasse um acordo para a permanência da FP na gestão do clube e não vejo motivo para mudar a minha opinião.

Quanto à possível falta de confiança no PPP, levantada por alguns, que seria um impedimento para a permanência na gestão, eu pergunto: quando ele chegou ao clube em 1998, com uma pilha de acusações nas costas, havia mais confiança que agora? Tirar o time do buraco, fazendo com que cenas como as de oficiais de justiça penhorando renda de jogos virassem coisas do passado, hoje só vistas lá pelas bandas do sul da ilha, tirou-lhe confiança? Ou seria o desempenho em campo, com conquistas que nem o mais otimista torcedor do Figueira imaginaria em 1999, o responsável pela perda de confiança?

Para a mencionada falta de confiança, que aliás, sempre existiu e é até salutar até determinado ponto, basta um Conselho forte e atuante e cumprindo com o seu papael, onde talvez o mais importante seja fiscalizar, porque em nenhuma grande organização se contrata um executivo por confiar nele, mas sim pela sua capacidade de trazer resultados, obviamente criando mecanismos de controle que impeçam qualquer desvio. Quem ainda contrata pelo critério de confiança, e com razão dadas as suas condições estruturais, é a birosca da esquina.

Por tudo isso, mesmo contra a quase unanimidade, digo: fica Prisco! Não por gratidão pelo que fez, mas pelo que já mostrou que pode continuar fazendo. Estou convicto que continuará sendo o melhor para o Figueira, pelo menos até o dia em que aparecer alguém mais qualificado, preparado que ele e não um grupo de deslumbrados com discurso macaqueado.

8 comentários:

  1. Não é esta a opinião dos torcedores que eu coversei, mais de 90% querem que o PPP fique, pois se em 10 anos ganhamos 6 titulos em 20 anos sera 12 titulos estaduais. Tito Dias um abraço

    ResponderExcluir
  2. caro,

    Porque os empresários não foram investir no Juventude, Ponte Preta..etc? simples. Porque são torcedores do Figueirense e tem tanta ou mais capacidade de investimentgo que a FP.
    Entedeu?

    ResponderExcluir
  3. Olá Tito, na enquete que fiz aqui no blog em torno de 70% estão otimistas ou muito otimistas com o futuro sem a FP e presumo que esses querem a saída de PPP.
    NO pessoal mais jovem, com até 15, 20 anos, vejo que o desejo de saída do PPP é bem alto, já no pessoal mais antigo tenho notado um desejo pela permanência.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Quanto aos investimentos, vamos torcer para que isso se confirme.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Realmente eu tenho 60 anos e acompanho o Figueira a mais de 54 anos e na hora que esta tudo bem aparece muita gente mas quando é para colocar algum $$$ são bem poucos, a turma mais nova não conhece os 31 anos sem ganhar nada até a grande torcida ja não ia mais a campo. Tito Dias.

    ResponderExcluir
  6. Gabriel aAbraham30/12/2009 16:02

    Provavelmente o dono desse blog ou é muito apaixonado pelo prisco ou é possui algum grau de parentesco com o mesmo. Não é possivel que ele se iluda assim tao facil. O Dr. Prisco destruiu em 1 amo o que ele fez em 7 anos. Moacir fernandes no scarpelli eu nao quero.
    A naçao alvinegra clama: Fora PPP, transparencia já!

    ResponderExcluir
  7. Olá Gabriel, não sou parente, nem apaixonado, nem nunca vi o Prisco a menos de 30 metros, até porque não tenho poder aquisitivo para frequentar os mesmos lugares que ele, mas nem por isso não posso deixar de reconhecer que o cara é um excelente executivo/gestor, o melhor presidente/diretor da história do Figueirense. Isso no futuro ninguém terá dúvida disso.
    Mas, ao contrário de você, eu acho importante que haja esse debate de ideias, que cada um coloque o que pensa. Só sou contra o discurso afiado, para não contrariar a massa.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  8. Com bastante dinheiro até eu administro. Quero ver sem o dim dim como nestes ultimos anos de queda. Ele é realmente bom para administrar quando tem dinheiro dos outros.

    ResponderExcluir

Em vez de comentar como "Anônimo", prefira "Nome e URL" e coloque apenas o nome ou apelido se não possuir blog ou site.

Seguidores