sábado, 8 de maio de 2010

Estreia fora de casa e com vitória: melhor impossível

O Figueirense fez uma ótima estreia no Campeonato Brasileiro da Série B de 2010, vencendo o São Caetano, no Estádio Canidé, por 1 a 0, gol de Firmino, de cabeça, no segundo tempo.

Vencer fora, até por meio a 0, é sempre excelente, mas essa vitória teve um significado ainda maior, pois venceu a boa equipe do São Caetano, vice-campeã do forte interior paulista, e ainda na estreia da garotada nesse importante campeonato.

No primeiro tempo ocorreram alguns erros além do normal nos passes por parte do Figueirense, o que é natural para a estreia de um time muito jovem, além da forte marcação no meio de campo implantada pelo adversário, que contribuiu bastante para os erros. Mesmo assim o Figueirense foi superior e por pouco não marcou em duas chances seguidas, a primeira com Nicácio, que raspou de cabeça, e na sequencia com Firmino, em belo chute, com grande defesa do goleiro Luiz.

É de se elogiar a boa atuação do sistema defensivo, que mais uma vez não sofreu gols, agora frente a uma equipe sabidamente qualificada, e que veio para brigar pelo acesso. Começou mal com uma bobeira logo no começo do jogo, em lance que terminou com bela defesa de Wilson, mas depois se recuperou.

Quanto à atuação do Márcio Goiano, que teve algumas substituições criticadas, não tenho nada a questionar. Confio nele, conhece tudo de futebol, conhece o grupo e, mais importante, ganhou um jogo que todos diziam que seria uma pedreira. E não ganhou por acaso, num lance fortuito. Ganhou jogando futebol, se impondo sobre o forte adversário. Falar o quê? É o cara.

De negativo, senti que o Miguelzinho já começou a queimar o nosso centroavante Marcelo Nicácio, que na minha opinião cumpriu bem o seu papel, fazendo uma partida de razoável para boa. Mas já senti um clima de pré-queimação também em parte da nossa torcida, que detém o recorde mundial de queimação de atacantes. O cara já provou que é matador, não é nenhum perna-de-pau, portanto, tem que continuar jogando, pois do contrário, sem rítimo, sem entrosamento com o grupo, nunca será o matador que sonhamos. E se continuar no time tenho certeza que será muito importante para a sequência do campeonato.

COPA SC

Repito aqui a crítica que fiz no ano passado antes do início da Copa SC 2009. Na época escrevi:
Penso que a Copa SC é uma ótima oportunidade para o Figueirense lançar jogadores juniores, juvenis e até os já profissionalizados que não tiveram oportunidades no time principal e descobrir quem é quem. Mas, na minha opinião, essa tarefa fica comprometida por uma simples razão: treinador.
Penso que o ideal seria o time ser comandado pelo auxiliar do Márcio Araújo, ou, melhor ainda, por um treinador de fora, que veja com outros olhos os defeitos e qualidades dos juniores, a principal fonte do time B; que detecte, enquanto há tempo, o volante que não sabe marcar, o atacante que não sabe chutar, o meia que não sabe lançar, e por aí vai, coisa que normalmente só aparece quando o jogador é lançado no time principal; e corrigir os defeitos ou encaixar o atleta numa posição que coincida com suas características.
Além disso, um treinador de fora seria uma motivação extra para a garotada.
A única questão a ser definida, neste caso, seria estabelecer uma regra que garantisse a escalação de um percentual mínimo de atletas da base.
Acrescento que o Hémerson Maria tem o seu valor, é um excelente descobridor de talentos, mas não o vejo com características para comandar um time profissional, ainda que seja o time B. Falta-lhe, a meu ver, principalmente carisma e liderança para a tarefa.

Pois é. Só trocaria, no texto acima, a citação a Márcio Araújo por Márcio Goiano. Hémerson Maria de novo? Francamente! É doze pra mamute.

E a minha crítica este ano é ainda mais forte por ser o campeonato mais importante, pois vale vaga na Copa do Brasil. No ano passado, a única importância eram os dois clássicos, e o Hemerson perdeu os dois, levou cinco gols e não fez nenhum. Um fiasco. Além disso, aquele time do ano passado não revelou ninguém.

2 comentários:

  1. fora gauchada da rbs09/05/2010 21:09

    dá só uma olhada na diferença de tratamento que a rede gaúcha dá aos times da capital..

    - http://img28.imageshack.us/img28/2097/diferenanoclirbs.jpg
    - http://img130.imageshack.us/img130/3460/diferenablogcastiel.jpg
    - http://img689.imageshack.us/img689/2061/diferenablogbraga.jpg

    isso sem falar dos jornais né? vamos ver amanhã...

    ResponderExcluir
  2. Que a midia é diferenciada nos ja sabemos, vamos ignora-los, sem audiencia, O Figueira tem que fazer a sua parte, vencer tudo, buscar seus torcedores.
    Sob o Time B acho a grande chence de disputarmos a copa do Brasil de 2011, é mostrar e vencer.

    ResponderExcluir

Em vez de comentar como "Anônimo", prefira "Nome e URL" e coloque apenas o nome ou apelido se não possuir blog ou site.

Seguidores